5 dicas de descrição de cargo para engajar os candidatos certos

Os líderes de RH que identificam as deficiências em seus processos de contratação e estabelecem as melhores práticas para escrever descrições de cargos, podem estabelecer uma base para o sucesso de contratações futuras. Isso, por sua vez, gera valor em larga escala para a novas contratações, bem como valor a longo prazo para a própria organização.

Na Randstad, nosso objetivo é capacitar os líderes de RH e gerentes de contratação, para que possam criar as forças de trabalho e futuras empresas de sucesso . Por essa razão, reunimos cinco dicas que aumentarão as visualizações, o engajamento e a qualidade dos currículos que chegam às caixas de entrada dos gerentes de contratação.

1. Articule o que você realmente deseja de uma nova contratação

Faça mais com sua descrição de trabalho do que elaborá-la para descrever  suas próprias necessidades. Reflita sobre os funcionários anteriores que não deram certo, questões relacionadas a lacunas de conhecimento ou por que eles não se encaixavam culturalmente e, em seguida, articule quais habilidades específicas, sociais ou qualidades pessoais garantirão o sucesso de um candidato.

Certifique-se de que a descrição  da sua vaga visa candidatos que se alinham com seus objetivos futuros para a função e não apenas com suas responsabilidades imediatas. 

A Deloitte recomenda “substituir descrições detalhadas de cargos, por perfis de funções baseados em competências”. Para garantir que os candidatos possam se adaptar a um ambiente de trabalho em mudança: “As empresas devem focar em uma seleção de qualidades essenciais, funcionais e de liderança, em vez de uma longa lista que é difícil de manter ao longo do tempo.”

Por exemplo, você pode evitar inserir o nome de seu software de análise como um pré-requisito, optando por incluir uma declaração como: “Interpreta dados e aplica insights de análises corporativas com sucesso”. Afinal, as habilidades de software podem ser treinadas. Desta forma, você garante a captura desse conjunto de habilidades em seu grupo de candidatos, mesmo que o software de análise que você usa mude com o tempo.

Se você não tem certeza se alcançou esses objetivos com a descrição de seu cargo, peça a um colega ou profissional de RH que analise sua postagem e forneça feedback com base em seu entendimento sobre a função em questão.

2. Otimize as descrições de trabalho para ambientes digitais

Os candidatos online podem alternar entre dezenas de anúncios de emprego em meros segundos; em outras palavras, eles têm opções. Raramente dedicam muito tempo lendo uma descrição de trabalho inteira se forem abruptamente desencorajados por partes do texto. 

Eles também utilizam uma variedade de dispositivos – a falha em otimizar as descrições de trabalho para esses dispositivos exclui uma grande quantidade de candidatos em potencial.

A seguir, apresentamos algumas dicas simples para garantir que as descrições de suas funções sejam fáceis de ler e desejáveis ​​para os candidatos que navegam online:

  • Utilize o Google Trends para criar cargos, termos e frases que seus candidatos ideais provavelmente pesquisarão. Seus cargos devem ser os mais exatos possíveis;
  • Utilize tópicos e palavras-chave que capturem a atenção dos leitores enquanto eles examinam várias postagens;
  • Utilize com frequência subtítulos grandes e objetivos para ajudar os leitores enquanto eles leem sua postagem;
  • Utilize palavras em negrito – com moderação, mas de forma significativa – para chamar a atenção para determinados textos;
  • Seja conciso e preciso, transmitindo apenas as informações necessárias e de interesse;
  • Coloque as informações mais atraentes perto do topo da descrição do cargo;
  • Não utilize jargões, siglas, frases todas em maiúsculas ou de destaque como “PROCURA-SE” ou  “URGENTE!”.

Antes de lançar, verifique a eficácia de sua descrição de trabalho, pedindo a amigos e colegas para acessar a postagem utilizando diversos dispositivos. Peça-lhes que avaliem seu sucesso, desempenhando o papel de um candidato a emprego exigente – não necessariamente por meio de uma análise detalhada do texto.

3. Torne o trabalho atraente – não cansativo

Chame a atenção dos candidatos com as três primeiras linhas de sua introdução. Conecte-se com eles em um nível pessoal, sendo diferente de seus concorrentes, mostrando empatia e transmitindo rapidamente a cultura da sua marca.

Em seguida, em vez de destacar os aspectos rigorosos do trabalho, destaque as oportunidades profissionais e os benefícios dos quais os candidatos podem desfrutar como parte de suas responsabilidades. 

A seção “responsabilidades” da descrição do seu cargo deve dizer não apenas o que eles devem fazer pela sua empresa, mas também o que podem fazer. Isso significa focar nos aspectos positivos e ajudar os candidatos a se visualizarem nessa função. A diferença é sutil, mas significativa.

Faça mais para destacar as vantagens que o trabalho oferece, sem incluir detalhes reais do salário. Escrever apenas “pacote de benefícios competitivos” não é suficiente. A Pesquisa de Marca Empregadora realizada pela Randstad em 2021, mostra que um pacote de benefícios atraentes é um dos fatores mais significativos na escolha do novo empregador. Assim, por que não ser direto?

Ainda de acordo com a pesquisa citada, as vantagens que mais importam para os brasileiros são:

  • desenvolvimento de carreira (77%)
  • salário e benefícios atraentes (74%)
  • ambiente de trabalho agradável (74%)
  • investimentos em treinamento e capacitação (66%)
  • boa gestão (66%)

Porém, esteja ciente, a Randstad também descobriu que existe uma lacuna mensurável entre o que os funcionários afirmam que querem e o que seus empregadores pensam que eles querem. Faça uma pesquisa interna com os funcionários para determinar quais são os melhores aspectos do seu trabalho e da empresa. Inclua esses resultados na descrição do trabalho em questão.

4. Ajude os candidatos a encontrar o emprego certo para eles, não o contrário

Às vezes, ajudar os candidatos a encontrar o emprego certo significa também, garantir que aqueles sem o perfil para a vaga não sejam atraídos. Seu objetivo é encontrar o equilíbrio saudável entre não atraí-los ​e engajar os que tenham perfil a seguirem com o processo de inscrição.

Sempre esboce uma conclusão que seja verdadeira e inclua um apelo à ação. Porém, defina expectativas realistas sobre os próximos passos. Incluir instruções para várias etapas  tediosas pode afastar os bons candidatos. 

Reformule a chamada em sua conclusão com os pontos fortes de seus candidatos ideais em mente,proporcionando a eles uma experiência melhor e diminuindo a chance de envolver as pessoas erradas.

5. Anuncie a cultura da sua empresa e sua marca

Os candidatos não estão apenas interessados ​​em desempenhar uma função,eles estão interessados ​​em fazer uma parceria com uma empresa que lhes trará satisfação e crescimento no longo prazo. 

Cada vez mais, os candidatos alinham seu crescimento pessoal com uma cultura corporativa saudável, as melhores práticas do setor e a responsabilidade social. Desse modo, conseguir um novo emprego é como começar uma nova vida. 

Ao descrever a cultura da empresa, você ajudará os candidatos a se imaginarem como parte de sua equipe. Esse tipo de detalhe reforça a marca da sua empresa e pode ajudar a diferenciá-la das concorrentes.

A descrição do trabalho é fundamental,não a desperdice com uma descrição clichê genérica da empresa. Apresente sua empresa para que ela se destaque de seus concorrentes aos olhos das possíveis contratações. Você pode inclinar a balança para candidatos de alto valor, explorando diversas opções.

você é candidato e quer saber sobre nossas vagas?

clique aqui

você busca soluções de RH?

clique aqui