Cinco atitudes para engajar a equipe no período de home office

Especialista da Randstad dá algumas dicas para otimizar o trabalho e evitar que o colaborador se sinta sozinho neste momento de crise

Muitas empresas já adotavam o trabalho remoto para seus funcionários em formato de revezamento semanal, quinzenal ou mensal. Neste período de pandemia do Covid-19, equipes inteiras foram realocadas, pensando no bem-estar e na saúde de todos, assim como na continuidade dos negócios das empresas. Como os gestores podem oferecer todo o suporte necessário nesse gerenciamento à distância e garantir o engajamento da equipe?

A diretora de recursos humanos da Randstad, líder global em solução de recursos humanos, Maria Luiza Nascimento, ressalta que a gestão remota na rotina pode não ser uma tarefa fácil, mas é essencial manter uma comunicação constante com os colaboradores. "Na correria do dia a dia, pode ser complicado manter essa troca frequente, dar feedbacks e orientar as equipes, por isso é importante colocar em prática algumas ações que facilitem esse contato diário", orienta a especialista.

Confira algumas dicas que podem contribuir com a gestão da equipe:

1. Alinhe objetivos


É importante traçar objetivos, deixando claro o que é esperado neste período. Ajude o funcionário a definir estratégias que mantenham a rotina produtiva e organizada para otimizar o tempo e as entregas.

2. Faça check points diários


Abrir um espaço na agenda para ouvir os colaboradores e avaliar as demandas do dia é essencial. Isso demonstra disposição em ajudá-los no que necessitarem e o interesse em acompanhar, de forma mais próxima, as entregas. Opte por fazer essa reunião por videoconferência, para estreitar ainda mais esse contato e até entender expressões faciais e corporais durante a conversa.

3. Defina horários de trabalho


Reforce ao seu time aos colaboradores que é essencial que cumpram os mesmos horários do escritório para atender as demandas necessárias, mas que também não deixem de seguir a rotina diária, como almoço, horário de descompressão ou qualquer outro hábito estipulado por cada empresa.

4. Se faça presente e mostre apoio


Como falado anteriormente, é importante manter uma troca constante com a equipe, para que os membros não se sintam sozinhos. Falem de assuntos de trabalho, claro, mas também pessoais, caso tenham essa proximidade. Além disso, dê pequenos feedbacks que possam ajudar a melhorar o desempenho em casa e elogie seus resultados. Mostre que realmente está perto da equipe.

5. Ofereça estrutura


Para que a equipe tenha a estrutura ideal para atuar é essencial levar alguns pontos em consideração junto com o backoffice da empresa. Entre eles, instalar e liberar acessos, oferecer notebook e celular e definir ferramentas para compartilhar documentos e arquivos, bem como para o alinhamento das tarefas, seja por vídeo ou mensagem.

"Essas práticas podem ajudar no engajamento dos colaboradores à distância, além de conecta-los e aproximá-los com o gestor e com a própria equipe e, consequentemente, manter o desempenho no trabalho", finaliza a diretora de recursos humanos da Randstad.